Agora a BBDU conta com uma psicomotricista (dicas e alertas para estimular nossos pitocos)

Manuelita Dotti Gonzalez
Sou Licenciada em Psicomotricidade e mãe da Juliana. Formada na Universidade Católica de Uruguai em 2011.
Já que este é o meu primeiro post para a BBDU, vou iniciar explicando o que é a Psicomotricidade.
A psicomotricidade é uma disciplina que está entre as disciplinas que cuidam do corpo (Neurologia, Endocrinologia, etc.) e aquelas que cuidam da mente (Psiquiatria e Psicologia). Ela estuda a interação de dois componentes importantes do comportamento humano: a motricidade e o psiquismo.
Quando a motricidade e o psiquismo não se encontram integrados surge a disfunção psicomotora. Esta disfunção é uma síndrome e não uma doença, por que a origem não é especificamente orgânica, traumática ou hereditária. Trata-se do efeito de uma perturbação ou dificuldade psicológica que se manifesta alterando o desenvolvimento, aprendizagem ou a adaptação psicosocial.
A ferramenta de trabalho do psicomotricista é o brincar espontâneo, pois através dele podemos compreender a forma de vincular-se da criança, podemos detectar condutas estereotipadas, observar seus medos e prazeres, suas possibilidades de utilização do espaço e dos objetos, sua adequação ao tempo, os níveis de coordenação motora e sensorial. Portanto, o brincar espontâneo nos permite observar a forma com que cada criança tem de agir com seu corpo, de acordo com as suas necessidades e interesses, em um processo de adaptação ao seu ambiente.
A intervenção terapêutica consiste em um trabalho que não procura eliminar o sintoma, mas trabalhar sobre a organização do corpo, o que causa uma modificação do sintoma.
Áreas de intervenção da Psicomotricidade:

  • Educação Psicomotora: destinado a crianças na pré-escola e escola, a fim de prevenir problemas de desenvolvimento, problemas de aprendizagem, etc.
  • Estimulação precoce: o objetivo é apoiar e promover o vínculo mãe-filho, oferecer à criança um conjunto organizado de estímulos para incentivar o seu desenvolvimento, prevenir riscos no desenvolvimento, trabalhar com as preocupações das famílias sobre criação dos filhos, etc.
  • Terapia Psicomotora: destinado a bebes de alto risco, crianças com dificuldades ou atrasos no desenvolvimento global, crianças portadoras de necessidades especiais: deficiências sensoriais, motoras, mentais e psíquicas.
  • Espero ter esclarecido o que é a Psicomotricidade! No próximo post vou começar a falar sobre as diferentes fases do desenvolvimento da criança e os fatores de risco.

Se você quiser entrar em contato comigo meu e-mail é dottimanuela@gmail.com

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s